• Equipe uP

Relato uP5

Dear Parents,


Um livro é um brinquedo feito com letras. Ler é brincar.
Rubem Alves

Iniciamos o projeto de leitura “Conto Amigo”!


As crianças do uP5 estavam ansiosas por essa atividade. Observar os livros que chegavam aos poucos e as professoras organizando as pastas foi um processo de deleite e de muita expectativa. Conforme os livros iam chegando, selecionamos alguns para o Story Time, desta forma, os alunos iam se familiarizando com os temas e já pensando em suas escolhas.


“(...) Por trás da mão que pega o lápis, dos olhos que olham, dos ouvidos que escutam, há uma criança que pensa.”
Emília Ferreiro

Iniciamos o trabalho de reconhecimento de sons e nome das letras A e T no formato “Maiúscula Bastão”. A introdução das letras foi feita através dos desenhos, de um Angel e de uma Tree, respectivamente. Na sequência trabalhamos algumas palavras enviadas através das Sharing Baskets, que nos ajudaram a ampliar o repertório de vocabulário do dia a dia.

Com a letra A aprenderam alguns novos vocabulários como: Alpaca, Anteater, Armadillo.

Com a letra T: Tent, Tamborin, Tic Tac Toe e a diferença entre singular e plural de Teeth and Tooth.


A partir do som das letras, cantamos nossa música de begging sounds, buscamos outras palavras com essas iniciais e também procuramos por objetos na sala de aula com as letras A e T.


Ainda nas atividades de letramento, elaboramos uma de sequenciamento (patterns) de ABC e ABCD onde através de movimentos e linguagem, as crianças aprenderam a sequência do alfabeto citada e o reconhecimento de padrões de formas, cores e gestos. Após a apresentação da sequência escolhida, apresentamos um jogo de movimento, onde ao ouvirem as palavras ou sons dos beginning sounds, deveriam pular em cima da letra correspondente fixada no chão.


Assim como o conhecimento da letra e seu som, trabalhamos a escrita das letras e, antes de escreverem convencionalmente no papel e dentro do espaçamento da linha, as crianças escrevem na lousa e com o dedinho na tinta plástica.


I'm a little teapot short and stout. Here is my handle, here is my spout. When I get all steamed up, I just shout. Tip me over and pour me out.
Nursery Rhyme.

As crianças estão descobrindo a magia dos vários sons da língua através das rimas e o Nursery Rhyme acima, além de ser um clássico infantil americano, apresenta essa proposta.

Através do reconhecimento dos sons e a percepção do ritmo, gradativamente, perceberam a flexibilidade da língua. Essa atividade também possibilitou a ampliação do vocabulário, pois o aluno se vê estimulado a pesquisar e explorar novas palavras em busca de rimas, desenvolvendo a oralidade.


Ao tocar o sino cada vez que uma palavra rimava com a outra, estimulamos a percepção auditiva e assim as crianças uma a uma foram capazes de reproduzir a mesma ação da professora (tocar o sino) em todas as palavras que rimavam, como por exemplo, ao ouvir: Short and Stout, Spout and Shout, Shout and Out.


A turma gostou tanto das rimas que passaram a criar as suas próprias e começaram brincando com os nomes dos colegas, criando várias confusões, baseadas nas semelhanças de sons das palavras. Daremos continuidades aos poemas de rimas e fica uma dica de brincadeira em casa, pois rimar é além de pedagógico, divertido.


As noções temporais são muito abstratas, muitas vezes bem difíceis de serem adquiridas pelas crianças. A adaptação ao tempo é função do desenvolvimento do conjunto da personalidade.


Por isso, a estruturação temporal,“requer uma construção intelectual por parte da criança, baseada em operações que são paralelas às envolvidas no pensamento lógico-matemático.

Para trabalhar esse conceito, trouxemos uma proposta de “planejamento” que estimulou nossos alunos a se organizarem dentro do período semanal. Cada um passou a ter uma pasta com 5 (cinco) folhas de papel sulfite para desenho. O objetivo da pasta foi mobilizar as crianças para uma atitude de consumo responsável, oportunizar a autonomia no uso de seus próprios papéis dentro de um tempo proposto, estimular o senso de planejamento e organização de seu material e pensar sobre as consequências do mau uso dos mesmos.


Os resultados foram diversos, alguns descobriram que uma vez que uma semana escolar possui 5 (cinco) dias e a quantidade de papéis era a mesma, usando 1 (um) papel por dia, teriam folhas para toda a semana. Outros optaram por cortar cada folha ao meio e assim ter o dobro da quantidade, enquanto outros perceberam que desenhar na frente e no verso também dobra a quantidade de espaço para desenhos. Além dessas decisões, tivemos alunos traçando divisões com a régua na frente e no verso da folha em quatro partes, tendo assim 8 (oito) espaços para desenho.


Algumas discussões sobre isso vieram à tona, começando pela autonomia de escolha de como usar as folhas das pastas que semanalmente são reabastecidas com 5 (cinco) novas folhas. As crianças trocaram ideias entre elas, outras alertaram os colegas quanto ao desperdício e risco de ficarem sem folhas no decorrer da semana e outras se engajaram em dar ideias para os colegas de como aproveitar melhor seu material evitando assim de ficarem sem.


A primeira semana desse projeto foi experimental e a segunda foi de uma grande evolução no senso de planejamento, continuaremos com esse procedimento no decorrer do semestre.

As Buckets das crianças estão mais cheias, cheias de boas ações, amor e espírito colaborativo, na próxima semana concluiremos esse projeto socioemocional e os alunos do uP5 terão suas miçangas para começarem a construir suas pulseiras e colares.


Nossa quinzena foi concluída com as atividades relacionadas ao St Patricks’ Day. Agradecemos a parceria das famílias enviando as lindas Shamrocks que incrementaram a decoração da nossa escola.


As Sharing Baskets dessa semana nos trouxeram curiosidades do Estado de Minas Gerais e além do brinquedo e livros favoritos do Cyro, a mamãe Ana Flávia teve o cuidado de nos trazer o autêntico pão de queijo feito por ela.


O Bruno trouxe o doce típico brasileiro mais adorado pelas crianças, feito pela vovó e um cartaz com fotos de suas viagens em nosso país.


A Beatriz Sarra trouxe seu brinquedo favorito, origami para os colegas e sanduíches para o snack.


Bernardo compartilhou o seu livro favorito, alguns objetos que iniciam com a letra “T” que nos ajudaram a ampliar a wordwall da letra. Também nos presenteou com uma deliciosa e colorida gelatina feita pelo papai e um cartaz de suas aventuras pelo país.


Assim nós encerramos a nossa quinzena de atividades e diversão, até breve!

Tenham um excelente final de semana.


Teachers Paula e Fran.




26 visualizações

UNIDADE I

Educação Infantil

Rua Presidente Antônio Candido, 242

Alto da Lapa, São Paulo

UNIDADE II

uP Baby (berçário) e uP 1

Rua Sales Júnior, 617

Alto da Lapa, São Paulo

secretaria@theupschool.com.br

adm@theupschool.com.br

11 2935-9345

whatsapp 11 98646-0027

feito com amor

created with love

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Vimeo Ícone