• Equipe uP

Relato uP 5

Mais um semestre chegando ao fim e, nessas últimas semanas, tivemos a oportunidade de acompanhar e participar de um processo muito interessante: Os ensaios e preparativos da Festa Junina.


Após o Family Day, demos atenção total a essa festa tão tradicional e amada por todos. Totalmente inserida e contextualizada em nosso projeto “My Brazil, my world”, as crianças foram apresentadas aos Estandartes, aqueles cartazes coloridos e temáticos, que enfeitam as festas há décadas. Como o uP5 é uma turma muito artística, aproveitamos o envolvimento deles no Family Day, tivemos a ideia de fechar o semestre com esta proposta: Cada criança, junto a sua família, iria fazer o seu próprio Estandarte, podendo escolher desde o material, até o tema do cartaz, com o objetivo de decorar a tão esperada festa.


Os cartazes foram chegando aos poucos e foi muito legal ver que, por trás de cada arte, tinha uma história, “a vovó que costurou esta parte”, “eu que escolhi este brilhinho”, “esse pedaço de pano foi o vovô que deu”, “aqui foi a minha tia, aqui minha mãe, aqui minha avó e aqui eu”. Em nossas rodas de conversa para a apresentação dos Estandartes, deu para ver a participação de cada família e o quanto as crianças falavam orgulhosas dos detalhes em que cada um participou! Muito obrigada! Essa construção foi muito significativa para eles! Mesmo sendo “só um brilhinho”, para eles, foi um brilhinho muito especial, que eles irão se lembrar!

Depois de várias histórias engraçadas e cheias de amor sobre os finais de semana e sobre a confecção dos estandartes com as famílias, chegou a hora de compartilhar com vocês o que aconteceu durante a semana, os preparativos para a festa.


Como a dança do Santo Antônio com as noivinhas é algo tradicional que não poderia faltar, as meninas se animaram e se prontificaram a fazer seus pedidos ao santo casamenteiro. Mas e os meninos? Não poderiam ficar em desvantagem! Temos dançarinos excelentes no uP5! Eles costumam se espelhar muito nos meninos do Year 1, porque eles “já são grandes” e “porque as atividades deles são muito difíceis”, então achamos que, assim como os meninos do Year 1, eles poderiam se arriscar dançando Country! Como o uP5 é uma turma muito unida, também achamos que seria interessante fechar com uma dança de roda, com toda a turma junta, inclusive as professoras. Eles adoram quando as professoras participam dos desafios com eles!


E que desafio! Duas semanas de ensaio, 24 crianças e 3 danças! Mais do que a memorização de passos, os ensaios de dança foram um treino e uma evolução muito maior do que apenas a apresentação em si.


Entre os ensaios, tivemos várias conversas. Falamos e ouvimos as crianças sobre como ajudar um amigo com mais dificuldade, a melhorar, sem ofender. Também valorizamos muito os elogios! Toda e cada avanço foi valorizado! Após os últimos ensaios, nas rodas de conversa, as crianças começaram a levantar as mãos para elogiar amigos que haviam melhorado, que estavam mais concentrados, que estavam se esforçando mais!


Além dos elogios, também refletimos com eles sobre o que estava dando errado, o que podia ser melhorado e como poderíamos reagir diante de possíveis imprevistos. Fizemos isso de uma forma construtiva e com participação ativa das crianças. Combinados, como: “Algumas pessoas sempre esquecem de fazer isso nessa parte da música, como podemos fazer para lembrar?”. “Se fizermos gracinhas durante a dança, será que o resultado final será bom?”.


Fizemos várias simulações de situações opostas, como: e se alguém começar a chorar no meio da roda pedindo a mamãe? , E se alguns começarem a cair no chão de propósito ou cutucar o nariz no meio da apresentação? As crianças se divertiram vendo as simulações e refletiram sobre o porquê certas ações comprometem a dança e por fim o resultado na festa.

Alertamos inclusive sobre possíveis falhas técnicas. O que fazer se o som demorar para começar? Se o som começar muito alto ou falhar? E se uma criança pequena entrasse no meio da dança deles? Algum amigo errasse o passo? “The Show Must Go On”!


Também tivemos várias conversas para falar sobre respeito ao próximo. O fato de ter uma música só para as meninas e outra só para os meninos fez com que, durante os ensaios, todos tivessem seu momento de plateia. Eles perceberam o quanto bagunçar durante a dança do outro pode atrapalhar, o quanto corrigir o outro durante a apresentação pode constranger e o quanto é gratificante quando você tem seus amigos observando sua dança com respeito e com um sorriso no rosto, seguido por aplausos.


O resultado foi “só” uma apresentação de dança. Mas, por trás disso, tivemos reflexões valiosas sobre respeito, trabalho em equipe, concentração, valorização da evolução, superação, aceitação dos erros, dedicação e reflexão sobre nossas ações. Foi um trabalho incrível de auto-análise da parte das crianças! Ver a evolução deles em todos esses aspectos e, como consequência, na dança, foi gratificante!


O semestre não podia acabar de forma mais alegre e significativa. As crianças aprenderam muito nessas duas semanas e nós, com certeza, aprendemos muito com elas! Os nossos aplausos no final da dança não foram só porque “ficou bonitinho”, mas foram basicamente porque sabíamos que por trás de cada chapéu de cowboy e véu de noivinha, tinha um resultado baseado num trabalho dedicado de confiança e superação por parte dos alunos e da equipe!


Parabéns uP5! Conseguimos!


Gostaríamos de agradecer a cada família e aluno por fazerem parte de nossas vidas. Vocês tornam especiais todos os nossos dias.


Muito obrigada por tudo!


Teachers Paula e Thaís




38 visualizações

UNIDADE I

Educação Infantil

Rua Presidente Antônio Candido, 242

Alto da Lapa, São Paulo

UNIDADE II

uP Baby (berçário) e uP 1

Rua Sales Júnior, 617

Alto da Lapa, São Paulo

secretaria@theupschool.com.br

adm@theupschool.com.br

11 2935-9345

whatsapp 11 98646-0027

feito com amor

created with love

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Vimeo Ícone