• Equipe uP

Relato uP 3 B

Flow

Quando o chuveiro que o Pedro Merolli trouxe na sua sharing basket chegou, havia uma necessidade em construir a tubulação para mostrar o percurso da água.

A instalação hidráulica começa na exploração dos materiais cujos nomes desmembraram em hydraulic system, tubes, tube connections, tap to control flow of water (turn on, turn off), ceramic tiles...


Se o projeto é Houses and Homes, houve alguns passos para escavar as paredes e entender o que há debaixo delas, como uma busca pelo verdadeiro e, claro, original.

A instalação hidráulica é original, porque apresenta as origens da casa e também porque oferece às crianças a possibilidade de explorar materiais reais e criar muito com eles.

A propósito, mérito do Gilmar que, além de nos receber na porta da uP, todos os dias com um sorriso no rosto, ainda veio para fazer toda essa instalação.

As crianças assistiram todas as etapas: desde de serrar os canos d’água, até a união deles com cola e com as conexões: um registro, 4 Ts, 3 cotovelos e uma caixa d’água, feita com pote de sorvete.

A capacidade de armazenamento dessa caixa não é uma das maiores – o que levou às crianças a consciência em fechar a torneira para não desperdiçar!

Um pouco mais que uma medida de 4 dedos, Maria Eduarda e Beatriz Aquino encheram seus baldinhos para cozinhar: a areia era o outro ingrediente da refeição. Vitinho disse que elas estavam fazendo macarrão.

Há certamente uma conexão imediata entre a água e as brincadeiras, em que somente o entretenimento não é suficiente para descrever a pesquisa que Antonio fez quando “analisava” o percurso até a torneira ou ainda quando despejou, sobre a sua pele, a água recolhida no balde. Vê-se, na verdade, um protagonismo das crianças de modo que a curiosidade, a criatividade e o engajamento são os combustíveis para essa instalação funcionar.

Quando observaram a série saunas ou mesmo as piscinas da artista brasileira Adriana Varejão, rapidamente identificaram-nas como tais. Vale só refletir o quanto de diversão pool pode lhes trazer.

Na sala, o movimento contínuo em rosquear o chuveiro do Pepê, apropriando-se de que a lã azul é água que cai, como comumente simularam com o som “chuá”, “chuá”.

Isabel brincou de tomar banho, os fios eram água e/ou o seu cabelo longo sendo enxaguado.

E o azulejo, como já viram nas piscinas, também foi um elemento trabalhado: um quadrado, visto na sua qualidade de revestimento – tudo na categoria de elementos desconstruídos, utilizados ironicamente para construir. Como bem se vê na obra Linda do Rosário também de Varejão, em que as paredes azulejadas em ruínas parecem ser uma outra coisa em outras formas, mais sinuosas e novas.


uP 3B team

Naná and Lu


PS: com a sharing basket da Luiza, da Valentina, da sabel e do Theo Negrete.




31 visualizações

UNIDADE I

Educação Infantil

Rua Presidente Antônio Candido, 242

Alto da Lapa, São Paulo

UNIDADE II

uP Baby (berçário) e uP 1

Rua Sales Júnior, 617

Alto da Lapa, São Paulo

secretaria@theupschool.com.br

adm@theupschool.com.br

11 2935-9345

whatsapp 11 98646-0027

feito com amor

created with love

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Vimeo Ícone