• Equipe uP

Este (não) tem história!




Apresentando uma gama de imagens curiosas, como um guarda-chuva que interrompe o fluxo de água ou uma menina que brinca de amarelinha e que depois vira uma caixinha, o livro desenhos invisíveis do artista uruguaio Gervasio Troche pode sugerir uma contação de histórias, em que a criança seja a contadora.


A partir da leitura desses desenhos, tentem brincar com os 5 sentidos, perguntando quais cheiros, texturas, cores, gostos e sons podem ser atribuídos à cena! Desse exercício, pode sair uma narrativa curta, mas que possa ampliar o repertório e sair um pouquinho do “era uma vez” ou “felizes para sempre."

(Não) contem a eles!


Naiana Torres






37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo